Páginas

20 de dez de 2012

Quem Escreve: J.K. Rowling

Joanne Rowling, ou J.K. Rowling, nome que usa para assinar seus livros, é considerada a maior escritora britânica da atualidade e uma das maiores do mundo. Um fato sobre seu nome é que é que se pronuncia Rowling como 'roulin' e Joanne como 'Djouan'. A abreviatura K é de Kathleen, nome de sua avó preferida e foi escolhido para o lançamento de A Pedra Filosofal. Famosa por escrever em bares, enfrentou dificuldades durante sua vida, até alcançar o sucesso, fama e riqueza ao longo do anos com a série Harry Potter, saga mais vendida no mundo.
 Com livros traduzidos para mais de 64 línguas, com mais de 400 milhões de cópias pelo mundo todo, Rowling é a primeira pessoa no mundo a se tornar bilionária com livros, e é a segunda mulher mais rica do mundo, atrás apenas de Oprah Winfrey.
 Com apenas 7 anos de idade, Rowling escreveu seu primeiro livro, Rabbit, a história de um coelho chamado Rabbit, que pega sarampo e é visitado pela Srta. Abelha, foi nessa época que ela se matriculou na escola também. Em 1987 ela se formou na Universidade de Exeter, e mais ou menos em 1990, depois de passar grandes dificuldades, durante uma viagem de trem para Londres, onde a locomotiva quebrou, ela entediada começou a rabiscar em uns guardanapos, foi ai que surgiu a ideia de Harry Potter. Enquanto seus personagens iam crescendo dentro de uma caixa de sapato, o primeiro livro foi rejeitado por 8 ou 12 editoras, o número na verdade é incerto, até que a editora Bloomsbury decidiu lançar o livro, a partir dai, os sete livros foram lançados pela editora, aumentando as vendas da editora e tornando Rowling rica e famosa.

Com toda sua influência, Rowling, se manteve ocupada com projetos sociais, com um destaque para a MS Society Scotland, organização que ajuda portadores de esclerose múltipla e o National Council for One Parent Families, que ajuda mães solteira, tornando-se embaixadora do conselho. Com os livros Quadribol Através dos Séculos e Animais Fantásticos e Onde Habitam, o dinheiro das vendas foi doado à instituição Comic Relief, que comabte a pobreza. Em 2007, ela escreveu Os Contos de Beedle, o Bardo, livro com edição limitada a sete volumes, com ilustrações feitas por ela mesmo, encadernados em couro e com detalhes em prata, seis foram dados de presentes e um leiloado, onde a renda foi doada para crianças carentes, em 2008, o livro foi publicado para o público, onde o dinheiro arrecadado com os royalties foram doados para o Children's High Level Group.
 Rowling foi processado por plágio por vários escritores, com acusações onde ela havia copiado a história de Harry Potter, fazendo modificações para enganar o leitor, em todos os processos, Rowling saiu vitoriosa. Além dos processos, a autora recebeu prêmios importantes no mundo todo.
 Este ano, ela anunciou a publicação de Morte Súbita, que conta a história por trás de Barry Fairbrother, que foi lançado em audiobook digital, em CD e e-book nos EUA. A autora descreveu o livro como uma tragédia cômica com humor negro, um romance sobre a moralidade e a mortalidade, como Harry Potter, mas contemporâneo.



Fontes: J.K. Rowling, Potterish, G1


17 comentários:

  1. Só li o primeiro livro da série
    Mas ela é uma ótima autora

    Beijos
    Boas festas *-*
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu li a saga HP, O quadribol através do tempo, os animais fantástico e os contos de Beedle, o Bardo. Detalhe: Todos emprestados do meu primo rs
    Adoro a escrita da Rowling.
    bjs

    Joyce
    entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ela é o cara +____+
    Em pensar que a reneguei por muito tempo.

    Lucas / Era uma vez

    ResponderExcluir
  4. Eu amo história de vida da J.K... bom, o filme que foi feito contato a historia pra mim foi emocionante! Imagina, ela com certeza é a número 1!!!
    Só que eu queria que ela voltasse a escrever Literatura Fantástica.. Acho que ela se sai bem melhor. Mas, muito bem escrito seu post Markos,parabéns!

    MauMau
    http://www.sonhosresenhas.blospot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei demais o filme sobre a vida dela também, fascinante e emocionante.
      Acho que ele se sai melhor escrevendo fantasia também, mas é bom o autor variar os gêneros.

      Excluir
  5. A J.K. Rowling deixou para nós uma das melhores estórias que se poderia criar. Um mundo tão mágico que todos desejam um dia poder participar (msm que seja impossível), nos levou a uma Londres completamente diferente da habitual e nos encantou com seu jeito perfeito de escrever.
    HP é algo fora de série!
    Amigo Secreto - AR Fortaleza.
    Passa lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você disse tudo Lauri, ela nos apresentou um mundo que estava perdido em algum lugar, mas ela o trouxe para todos nós.

      Excluir
  6. Amei Harry Potter (é minha infância, velho :') Mas ainda vai demorar para ler Morte súbita, estou cheia de livrinhos pra ler rsrs
    Ameeei sua postagem, viu ? Linda demais *-*
    tam tam tam tam tam tam tam tam.... tam tam tam tam tam tam plim plim
    rsrs (ritmo de hp)
    AAH é lindo, né? *-*
    Um beeeijo!
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Então, adoro Harry Potter, mas não sou dessas de não ter nenhum espírito crítico quanto a ele. Acho bem mal-escrito, mas a história é original e marcou a infãncia de muitos, inclusive ensinando a um punhado de gente o valor da leitura. Mas a menos que JK tenha evoluido muito sua prosa desde As relíquias da morte (foi um salto enorme de qualidade desde A pedra filosofal) não leria Morte Súbita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela evoluiu muito sim, e a escrita não é ruim, sou obrigado a discordar Isabel... rs

      Excluir
  8. J.K... DIVA! *---*

    Harry Potter..é um marco na minha vida.

    ResponderExcluir
  9. J.K. Rowling é maravilhosa.Só cheguei ler um dos livros de HP ,mas gostei bastante.Mas também amo os filmes,faz parte da minha infância e de tantas outras pessoas.Vou terminar a série e depois ler Morte Súbita.

    Beijão

    Jéssica
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Termine a série logo Jéssica e leia Morte Súbita, é bem diferente de HP, mas é ótimo.

      Bjão!

      Excluir
  10. Acredita que nunca li Harry Potter? Pretendo ler, sim, algum dia aí...
    Sou curiosa para entender esse amor todo que as pessoas sentem por ela.
    Quero ler Morte Súbita também; parece muito legal.
    Ainda que eu nunca tenha lido uma obra dela, a admiro mesmo assim, porque ela conseguiu guiar muitos para a literatura, e isso é, com certeza, um dom.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, ela conseguiu fazer o que ninguém fazia.?
      Morte Súbita é bem diferente de HP, mais forte.

      Excluir