Páginas

26 de fev de 2013

Cinema: Resenha - Mama

Nome Original: Mama
Direção: Andrés Muschietti
Gênero: Terror

Ano: 2013
Sinopse: Quando o pai de Victoria e Lilly mata a mãe das garotas, as crianças fogem assustadas para uma floresta. Durante cinco anos, ninguém tem notícia do paradeiro delas, até o dia em que elas reaparecerem, sem explicarem como sobreviveram sozinhas. Os tios das duas, Lucas (Nikolaj Coster-Waldau) e Annabel (Jessica Chastain) adotam Victoria e Lilly e tentam dar uma vida tranquila às duas, mas logo eles percebem que existe algo errado. As duas conversam frequentemente com uma entidade invisível, que chamam de "Mama". Lucas e Annabel não sabem se acreditam nas meninas, ou se devem culpá-las pelos estranhos acontecimentos na casa


ResenhaO filme começa com a morte de dois sócios de uma empresa e o desaparecimento de um terceiro, a cena não é mostrada no filme, é apenas narrada. Em seguida vemos uma menina brincando em um berço, Victoria, com sua irmã Lilly de um ano e um tiro se ouve, logo o pai das meninas, Jeff, vem pegá-las e sai com elas para algum lugar, o carro derrapa na pista coberta de neve e cai numa ribanceira.
 Após encontrarem uma casa abandonada no meio da floresta, Jeff tenta matar sua filha mais velha, mas um sombra o agarra por trás e o carrega. Cinco anos se passam desde o ocorrido. As meninas são encontradas vivendo na mesma casa abandonada, de um forma selvagem e totalmente diferente do normal, alimentando-se apenas de cerejas, que uma figura que elas criaram em suas mentes, chamada Mama, lhes davam.

 As meninas passam a morar com seu tio, Lucas, irmão de Jeff em uma casa para terem um acompanhamento médico, mas algumas coisas estranhas acontecem e Mama não é apenas um imaginação, e uma mariposa tem algo em relação com toda esta história. Lucas sofre um acidente e acaba indo para o hospital, em como, as meninas ficam com sua mulher, Anny, que não se sente bem ao lado das meninas e sabe que existe algo por trás, no hospital, Lucas recebe uma visita do ‘espirito’ de Jeff que pede que salve as meninas, mas para isso ele precisa ir á cabana onde elas foram encontradas.
 No decorrer do filme se descobre que os acontecimentos se devem a um tipo de maldição, onde uma mulher que morreu muitos anos atrás esta em busca de seu filho, que não caiu no mar junto com ela, quando ela se jogou de um penhasco. O desenrolar do filme é muito bom, não é nada cansativo e não é forte demais, não é um tipo de filme de terror onde você grita e se assusta o tempo todo. O filme é um tipo de terror psicológico cheio de teias que se entrelaçam entre si, até chegar ao grande final, que não se pode chamar de exatamente feliz.
 
Para quem gosta de terror, este é um filme excelente.



6 comentários:

  1. Pode até rir loucamente, msa tenho MUITO medo de filmes de terror. Sou completamente cética em relação a praticamente tudo, mas na hora do mdo a irracionalidade fala mais alto, sabe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkk
      Meu irmão mais velho é igual, não gosta nada... rs

      Excluir
  2. Não conhecia esse filme
    Mas parece ser muito bom
    Daqueles que só piscamos quando acaba

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem assim mesmo Angela, se gosta de terror, veja esse filme.

      Excluir
  3. Eu não conhecia o filme mas me interessei muito depois de ler sua resenha. Embora eu não assista a muitos filmes de terror (tá, eu jamais assisto sozinha por ter um pouco de medo rsrs)esse me parece ser bem legal.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem legal Joyce, e meio que um horror psicológico também sabe? Mexe bastante com a mente... rs

      Excluir