Páginas

19 de mar de 2013

Os 50 Anos de Mônica, de Mauricio de Souza


 
 Em março de 1963, há 50 anos, surgia nas páginas do jornal Folha da Manhã, atual Folha de S. Paulo, uma menininha muito briguenta e determinada, em meio a um grupo de meninos que já ilustrava as tirinhas do periódico paulistano. Em pouco tempo, a menina tornou-se líder da turma, a dona da rua do Bairro do Limoeiro e também um ícone forte na cabeça dos brasileiros.
 Na liderança absoluta do mercado de quadrinho nacional, representando 86% dos gibis consumidos no país, ela e seus amiguinhos tornaram-se uma referência para a infância brasileira. Essa é Mônica, criada por Mauricio de Souza.
 São as lembranças do jeito moleque de brincar na rua, de subir em árvores e de utilizar brinquedos simples, aliadas a um olhar critico e observador da sociedade, que levaram Mauricio de Souza a criar seus primeiros personagens, em 1959. Nos anos seguintes, o volume de personagens só cresceu, fazendo frente ao produto estrangeiro que desaguava no Brasil nos anos 60, a variedade de personagens criados, foi criada em cima de uma estratégia para enfrentar a concorrência norte-americana.

 Depois do Bidu e do Franjinha, seus primeiros personagens, veio o Cebolinha, inspirado em um menino que trocava as letras na cidade Mogi das Cruzes, onde Mauricio morava, mas faltava algo na turma, faltava um toque feminino, que nasceu da observação do que lhe estava mais próximo e foi sua inspiração: sua filha Mônica Souza.
 Logo a menina do vestidinho vermelho ganhou destaque e, em 1970, foi a primeira a ser lançada em revista própria, com tiragem de 200 mil exemplares.
Ao longo de 50 anos, Mônica passou por muitas transformações. De atarracada e com cabelos espetados, passou à bochechuda e mais longilínea, até voltar a ser mais baixinha e gordinha como é hoje. 

No final dos anos 70 virou peça de teatro baseada na obra Romeu e Julieta, nos anos 80 virou longa metragem e nos anos 90 ela e sua turma apresentaram o Estatuto da Criança e do Adolescente, em seu próprio gibi.
 Nos anos 2000 vieram as maiores mudanças, tornando a Mônica em embaixadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e no ano seguinte surgiu a versão adolescente.
 Mônica esta presente em mais de 30 países com histórias publicadas em gibis e livros.
 Este ano as comemorações não param, com a Exposição Mônica 50 Anos e uma nova montagem do espetáculo Romeu e Julieta e muitas outras atrações divulgadas ao longo do ano.


14 comentários:

  1. Noss, a Mônica já está comemorando um cinquentenário? Quem diria, fez parte da minha infância e ficará para sempre marcada em minha vida ^^

    Abraços,
    http://therevolucaonerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito minha infância também, eu tinha coleção dos Gibis... rs

      Excluir
  2. Bah, sou apaixonado pela Mônica rsrs.
    Ela com certeza fez parte da minha infância. Mas tenho que dizer que ela era muito feia antes! kkk
    Posts nostálgicos como este são ótimos!
    Abraços!

    Um Jovem Leitor
    www.blogumjovemleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk
      Feia demais mesmo, hoje ela ta mais bonitinha e mais menina... rs

      Excluir
  3. Dá uma saudade de ler gibis nestas horas. Ela mudou bastante desde o começo, mas sempre com este jeitinho bravo. Bjos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O jeito encrenqueiro que só ela tem... rsrs

      Excluir
  4. Cara, aí eu vejo que eu to ficando MUITO velha.
    Mas a Mônica vai estar sempre no coração de todos, não é mesmo?

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei o mesmo, to ficando muito velho... rs

      Excluir
  5. Cresci lendo os gibis da Mônica, Magali e todos os outros, e como ela está azendo 50 anos, só posso me sentir velha, assim como a Luara, ahahahha.
    Beijos, Nic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me sinto muito velho, mas de todos, gosto mais do Cebolinha.

      Excluir
  6. Comecei a ler bastante com gibis da turma da mônica, hahah.
    Queria muito aqueles almanaques com as tirinhas antigas, acho super fofinhas. :3

    Coral,
    http://universeforwords.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também quero, mas é tão difícil de achar... :/

      Excluir
  7. Mto tempo que não leio gibis! o.O Adorava rs Tem um meme pra vc lah no blog ;)http://coisasdebelaa.blogspot.com.br/2013/03/memes-e-selos.html

    ResponderExcluir